Análise: “The awesome adventures of Captain Spirit”

“What is this planet?”, diz Chris Eriksen (Chandler Mantione), um rapaz de 10 anos, e o protagonista deste breve e imperfeito, mas doce episódio da saga do “Life is Strange”, que serve de prequela ao “Life is Strange 2”. A frase é bastante evocativa, juntamente com o quarto de Chris, à imaginação e inocência. Contudo, o mundo de Chris que está além do seu quarto, não é tão colorido.

A história de “The awesome adventures of Captain Spirit”, começa com o nosso protagonista, no seu quarto, a brincar num sábado. Neste episódio seguimos as suas aventuras, como o do seu alter-ego, Captain Spirit para derrotar o vil Mantroid e a sua liga de vilões. O enredo do jogo é relativamente simples, não esperem encontrar as reviravoltas pela qual o “Life is Strange” é conhecido, sendo focado sobre Chris, o seu dia-a-dia e a sua vida familiar. A narrativa procura explorar mais a situação familiar de Chris, conseguindo fazer um bom trabalho em ligar-nos à sua personagem. De uma criança que vive numa pequena vila americana e que procura preencher os seus dias com a sua imaginação e alegria. São as pequenas “tarefas” do Captain Spirit durante o percurso do jogo que nos permitem desenhar quem é o Chris e o seu pai – com que vive. Também são estas tarefas que funcionam como a jogabilidade, ou melhor, interatividade, desta narrativa, com pequenos puzzles que envolvem explorar o mundo pelos olhos de Chris. Misturando as duas realidades da sua vida, por um lado, o universo heroico do Captain Spirit, e, por outro, o seu quotidiano com um pai desolado e consumido pela mágoa. Em suma, a escrita, em geral é positiva, somente encontrando alguns problemas com a personagem de Chris em diálogos expositivos e na interação com o seu pai e a sua vizinha, Mrs. Reynolds.

Resultado de imagem para the awesome adventures of captain spirit
Captain Spirit VS Snowmancer

Apesar do voice acting excelente de Chandler Mantione (Chris) na maioria das suas linhas, exprimindo a personagem nos seus momentos mais sombrios, como, ao encontro uma nota de um jornal sobre a mãe, até aos momentos mais alegres do seu dia, quando derrota um dos seus arqui-inimigos num combate feroz enquanto Captain Spirit. O resto do cast não consegue elevar esta história. No caso do seu pai, Evans Eriksen, e da sua vizinha, Mrs. Reynolds, tenho dificuldade em decidir se é a escrita, juntamente com falta de habilidade dos voice actors que revela a pobreza narrativa nestes momentos. Independentemente, é infeliz que a execução do voice actor do seu pai seja decente, tendo falta de emoção nas suas linhas. Não se sente o peso da dificuldade emocional que o pai tem, nem o facto de estar ébrio. Quanto à vizinha, Mrs. Reynolds, é simplesmente atroz.

Resultado de imagem para the awesome adventures of captain spirit
Captain Spirit!!

Felizmente, a banda sonora licenciada é boa – mesmo sendo curta, acrescentando bastante a esta história. “Death with Dignity” de Surfer Stevens é a composição que abre este jogo. A melodia melancólica e nostálgica adequa-se perfeitamente ao ambiente do jogo. O mesmo para o “Moon and Moon” de Bat For Lashes que entra numa sequência especial que podemos desbloquear com o Chris. Esta música em particular com uma ligação à sua mãe. Ambas presentes quando Chris está mais contemplativo contribuindo para o carácter ocioso destas sequências.

Por fim, posso afirmar que “The awesome adventures of Captain Spirit” – sendo grátis vou recusar de avaliar o mesmo – é uma aventura agradável e digna do vosso tempo. Que não é imune a alguns problemas, contudo é capaz de reflectir uma boa equipa por trás.

One thought on “Análise: “The awesome adventures of Captain Spirit”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s