Análises, Multiplataformas

Análise: The Outer Worlds

The Outer Worlds apresentou-se ao público como um jogo pensado pelos criadores originais de Fallout, e o timing não podia ser melhor. Após o falhanço de Fallout 76 e tendo sido Fallout 4 tão divisivo, as expectativas eram astronómicas. Encabeçado por Leonard Boyarsky (Fallout 1 e 2, Vampire The Masquerade: Bloodlines) e Tim Cain (Fallout… Continue reading Análise: The Outer Worlds

Análises, Multiplataformas

Análise: DOOM Eternal (Campanha)

Uma das séries pioneiras dos FPS recebe outra entrada impressionante no seu catálogo nesta nova década. Depois da id Software surpreender muitos jogadores com o DOOM 2016, as expectativas estavam altas para a sua sequela e como poderia evoluir no estilo hiperactivo do jogo onde estar em constante movimento é tão importante como dispararem contra… Continue reading Análise: DOOM Eternal (Campanha)

Análises, Multiplataformas

Análise: Street Fighter V – Champion Edition + Seth DLC

Street Fighter V (SFV) tem já mais de quatro anos e está a criar um ponto culminante, algo estranho, de tudo o que passou. Questionamo-nos pelo que está por vir no futuro mas esta parte é apenas especulação. Seth parece ser o limite final quase perfeito do legado misto de SFV, embora eu certamente não… Continue reading Análise: Street Fighter V – Champion Edition + Seth DLC

Análises, Multiplataformas

Análise: “Void Bastards”

Não é segredo que Void Bastards inspira-se fortemente em Bioshock e System Shock 2. Não digo isto apenas por ter jogado o jogo, mas porque está escrito na página da Steam e no site da Blue Manchu. Mas apesar da equipa querer que o jogo seja visto como tal, o jogo é mais do que… Continue reading Análise: “Void Bastards”

Análises, Multiplataformas

Alan Wake… 9 anos depois

Depois do lançamento do Max Payne 2: The Fall of Max Payne, a Remedy Studios começou a testar novas ideias e conceitos para o próximo título a desenvolver, entre estes, surgiu Alan Wake. O estúdio finlandês anunciou o jogo na E3 de 2005 para a próxima geração de consolas e PC's (na altura, PS3 e… Continue reading Alan Wake… 9 anos depois

Análises, Multiplataformas

Análise: “Slay the Spire”

"Slay the Spire" é um deck building roguelike; e o primeiro jogo da Mega Crit Games. Com três personagens únicas (The Ironclad, The Silent, The Defect), irão subir a infernal e amaldiçoada Spire, tentando conjugar estrategicamente um build (=deck + relics) com as cartas e reliquias que se disponibilizam ao longo da vossa run. Agradecemos… Continue reading Análise: “Slay the Spire”

Análises, Multiplataformas

Análise: Blasphemous

Uma maldição caiu sobre a região de Cvstodia e os seus habitantes, conhecida como 'O Milagre'. Blasphemous é um Metroidvania desenvolvido pelo estúdio espanhol The Game Kitchen e publicado pela Team17, à qual agradecemos por fornecer um código para esta review. O jogo tem uma forte inspiração na cultura espanhola, nomeadamente, folclore e cristianismo. Os… Continue reading Análise: Blasphemous

Análises, Multiplataformas

Análise: CONTROL

Durante os estágios finais do desenvolvimento de Quantum Break, o director do jogo, Mikael Kasurinen, decidiu afastar-se um pouco do aspecto cinemático para o seu próximo projecto, e tentar criar algo mais aberto, mais Metroidvania, e mais RPG, onde o foco não era o protagonista, mas sim o mundo que o rodeia (fonte). Foi daí… Continue reading Análise: CONTROL

Análises, Multiplataformas

Análise: “Remnant: From the Ashes”

Após uma recepção morna ao Darksiders III no ano passado, a Gunfire Games traz-nos Remnant: From the Ashes, um third person shooter RPG publicado pela Perfect World Entertainment, à qual agradecemos por fornecer um código do jogo para esta review. Esta análise é feita com base na versão para Steam. Nos finais dos anos 60,… Continue reading Análise: “Remnant: From the Ashes”