Análises

Análise: “Desert Child”

"Desert Child" é um shump-esque racing rpg, desenvolvido por Oscar Brittain. Disponível em todas a plataformas a 10,99. Agradeçemos o código oferecido pela Akapura Games, que tornou possível esta análise. Experiência Um rapaz sem nome sonha em sair da Terra, olhando para o céu manchado de detritos da Lua, imaginando a fama e glória que… Continue reading Análise: “Desert Child”

Análises

Thronebreaker: The Witcher Tales

Sendo fã de jogos de cartas desde que me lembro que eles existem (Magic the Gathering, Yu-Gi-Oh!, Hearthstone), encarei o aparecimento de Gwent no Witcher 3 como um divertido, mas básico side game. Os TCG's (especialmente os digitais) são jogos que requerem bastante atenção e entrando o Gwent num espaço algo saturado, passou-me ao lado. Porém,… Continue reading Thronebreaker: The Witcher Tales

Análises

Análise: Sekiro: Shadows Die Twice

Após o sucesso de Dark Souls, a From Software tornou-se um dos estúdios mais respeitados entre a comunidade gamer pela sua capacidade em criar jogos desafiantes, com mundos misteriosos capazes de puxar os jogadores a esmiuçar cada canto à procura de indícios de informação sobre o lore das suas séries, enquanto enfrentam alguns dos seus… Continue reading Análise: Sekiro: Shadows Die Twice

Notícias

Samurai Shodown – Antevisão

Neste ano com um plano bastante rico em fighting games a SNK aproveita para iniciar o seu retorno, desta vez com Samurai Shodown. Mais uma onda repentina de notícias para fighting games trouxe ás redes sociais mais detalhes do próximo trabalho dos antigos reis dos Arcades em antecipação ao PAX East. Logo Pax East Para… Continue reading Samurai Shodown – Antevisão

Análises

Análise: Devil May Cry 5

Levou 11 anos, mas a Capcom finalmente nos presenteou com uma 6ª entrada na série que definiu o género Hack 'n Slash. Depois de uma decepcionante mudança de tom no reboot da franquia por parte da Ninja Theory, os fãs estavam receosos quanto ao que o futuro aguardava a Dante. Até à E3 de 2018,… Continue reading Análise: Devil May Cry 5